Dia do Patrimônio Cultural: vamos celebrar nossos legados

Dia do Patrimônio Cultural: vamos celebrar nossos legados

As tradições, os hábitos de determinado grupo, as criações científicas e artísticas, a paisagem, além de tudo aquilo que edificamos e chamamos como nosso. A isso chamamos de Patrimônio Histórico.

O dia 17 de agosto é comemorado como Dia do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. A data é uma homenagem ao jornalista e historiador Rodrigo Melo Franco de Andrade, nascido nesta mesma data. Rodrigo era advogado, escritor e jornalista e foi o grande responsável pela criação, em 1937, do Serviço de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Sphan), atualmente Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Destacou-se pela consolidação jurídica do tema Patrimônio Cultural no Brasil e pela criação do Iphan. 

O Patrimônio é algo defendido em lei e está citado na Constituição de 1988, no artigo 216: 

“Constituem patrimônio cultural brasileiro os bens de natureza material e imaterial, tomados individualmente ou em conjunto, portadores de referência à identidade, à ação, à memória dos diferentes grupos formadores da sociedade brasileira. 

E nós, que somos defensoras do patrimônio cultural, relembramos o nosso trabalho e empenho em desenvolver projetos e iniciativas que valorizem o patrimônio e suas histórias, como o jogo educativo desenvolvido para as escolas públicas de Serra Talhada. Coordenado pela de designer e arquiteta, Juliana Rabello, o jogo que é um quebra-cabeça desenvolvido no Laboratório de Inovação da Casa Criatura remete também ao imaginário popular e identidade local como a fauna e os patrimônios materiais locais, como as ruas e casas de Olinda e Serra Talhada. A ideia é desenvolver outras referências culturais.

Viva o Patrimônio Histórico Nacional!  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PortugueseArabicSwahiliChinese (Simplified)SpanishEnglishItalian