Como foi o Desafio Mozilla para a Casa Criatura

O Projeto Careables Casa Criatura foi inscrito e aprovado pelo Programa de Suporte a Iniciativas Open Source da Fundação Mozilla. Foram três meses desafiadores e de muito aprendizado no combate à epidemia da Covid-19. Os resultados foram surpreendentes.

Ano de desafios, 2020. O que seria o fim de uma década senão o começo de uma outra para repensar o modelo do mundo sustentável que queremos? No final de dezembro, o surto do vírus identificado como SARS-Cov-2 em Wuhan, na China, eclodiu como a pandemia da COVID-19. Logo após o período carnavalesco, Pernambuco teve as primeiras confirmações de pessoas infectadas pela doença disseminada e transmitida de pessoa à pessoa. Não demorou muito e o estado de Pernambuco enfrentava uma das maiores crises sanitárias vividas. Foram decretadas medidas restritivas de isolamento social, determinando que estabelecimentos de serviços não essenciais fossem fechados até o controle da crise. A Casa Criatura, que funcionava como um espaço de co-trabalho e reunia diversas iniciativas do setor criativo, além de realizar eventos na própria casa, teve que interromper suas atividades rotineiras. 

A emergência em saúde apresenta à Casa Criatura o seu poder de resiliência

Coincidentemente, iniciou-se em dezembro de 2019 a participação da Casa Criatura no projeto Careables.org, uma plataforma onde recebedores de cuidados, profissionais de saúde e fabricantes digitais unem forças para co-criar soluções sob medida projetadas para atender melhor às necessidades de pacientes.Este projeto recebeu financiamento do programa de pesquisa e inovação Horizon 2020 da União Europeia, sob o acordo de subvenção nº 780298. Foi uma parceria com o Instituto Procomum (SP) e com a Global Innovation Gathering – GIG, uma organização que fomenta inovadores sociais e empreendedores em mais de 140 países. Como primeira ação, no mês de fevereiro a Casa Criatura recepcionou o evento Careables Latin America. O evento reuniu pensadoras(es), tecnólogas(os), representações governamentais e makers para debater a inovação tecnológica voltada ao cuidado e à saúde. O encontro, ocorrido às vésperas do carnaval, recebeu cerca de 50 pessoas, dentre elas representantes da Secretaria de Saúde e da Prefeitura de Olinda. Foi um encontro que deu “match”.  Firmou-se parceria entre a Casa Criatura e a diversas organizações privadas e públicas que se caracterizavam como iniciativas abertas e inclusivas de assistência em saúde para cidadãos, com base na fabricação digital, distribuída e produção colaborativa.

Esta parceria internacional trouxe a urgência, mesmo antes da epidemia chegar ao Brasil, de laboratórios de inovação atuarem na linha de frente de combate à epidemia da COVID-19. Esse desejo e redirecionamento mostrou à organização que, além de criativa, ela era resiliente. Ao lidar com a questão, a Casa Criatura não recuou. Soube aproveitar o momento e o potencial do seu hub criativo para gerar mecanismos de proteção à doença. A apropriação da Casa Criatura enquanto espaço voltado à fabricação digital de equipamentos de proteção individual (EPIs) e o seu engajamento para doar e atender a demanda local, tem levado o público a reconhecer o seu trabalho. Em um curto tempo de atuação neste setor, pessoas têm se aproximado para firmar parcerias e contratar os serviços e produtos de fabricação digital de equipamentos de proteção individual, dos quais muitos foram doados a unidades de saúde, organizações beneficentes e à profissionais que atuam nos serviços classificados como essenciais. 

Inscrição do projeto Careables Casa Criatura na convocatória promovida pela Fundação Mozilla

Tomada pelo desejo de ser protagonista no enfrentamento à epidemia, a Casa inscreveu o projeto Careables Casa Criatura na Convocatória do Programa de Suporte a Iniciativas de Código Aberto (MOSS, na sigla em inglês) da Fundação Mozilla. A Mozilla é uma empresa de tecnologia preocupada com a construção de uma internet acessível, segura e aberta. Ao longo da sua trajetória, tem promovido e apoiado projetos voltados a este propósito, pois acredita que a internet é um recurso público global que deve permanecer aberto e acessível. Com a crise mundial, provocada pela pandemia, o programa de apoio da fundação redirecionou o seu foco a iniciativas tecnológicas que viessem combater ou mitigar os efeitos provocados pela doença. Em apenas dois meses, após o lançamento da sua convocatória, a organização recebeu cerca de 163 projetos, provenientes de 30 países. Das propostas apresentadas, o programa escolheu três iniciativas para apoiar financeiramente, dentre elas a da Casa Criatura. Também foram contempladas pelo programa a ação Open Food Network,  uma plataforma de código aberto para que produtores de alimentos possam vender online direto a seus consumidores, contribuindo para uma economia de agricultura familiar resiliente. E a terceira iniciativa contemplada pelo programa foi a OpenMRS, um plataforma de código aberto de sistema eletrônico de registro médico, escalonável, orientado ao usuário e que atualmente é usada para gerenciar mais de 12,6 milhões de pacientes em mais de 5.500 unidades de saúde em 64 países. 

A Casa Criatura aceita o Desafio Mozilla 

A parceria firmada com a Fundação Mozilla trouxe um desafio: produzir 7 mil face shields (protetores faciais em acrílico) e destinar uma parte desta produção à doação, além de criar uma caixa aerossol de código aberto para ser utilizada nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI) , em qualquer parte do mundo. Foram três meses de muito trabalho, articulação, pesquisa, ajustes e bons resultados. Graças ao incentivo, foi possível adquirir o próprio maquinário e, com a estrutura própria e uma linha de produção encorpada, o laboratório de fabricação digital contou com a participação das iniciativas parceiras e uma ação de tutoria envolvendo jovens aprendizes. Não demorou para o laboratório bater a meta de produção de EPIs, chegando ao marco de produção de 1.500 face shields na semana. Houveram ajustes nos desenhos e na metodologia de trabalho, o que garantiu uma maior celeridade ao processo. 

O Desafio Mozilla Careables Casa Criatura conseguiu atender a um público diverso. Doou equipamentos de proteção individual à comunidade local e à Secretaria de Saúde da cidade de Olinda; às Distritais de Saúde Indígenas de Pernambuco e Potiguar, além de destinar kits de proteção e o seu modelo de caixa aerossol à Hospitais Públicos da cidade do Recife e do interior do Estado, cujos recursos em saúde são escassos e de difícil acesso:

  • Doações de protetores faciais ao Centro Cultural Coco de Umbigada: 20 face shields;
  • Doações de protetores faciais à Secretaria de Saúde de Olinda: 50 face shields;
  • Doações de protetores faciais ao Hospital Agamenon Magalhães: 20 face shields;
  • Doações de protetores faciais às distritais de saúde indígena de Pernambuco e Potiguar: 1300 face shields;
  • Doações de protetores faciais à Hospitais de Referência do agreste pernambucano: Caruaru e Santa Cruz do Capibaribe: 1520 face shields e 3 aerosol box;
  • Doações de Kits de EPIs em parceria com a Talent Language Solutions, campanha #TeDouCobertura: 200 face shields ;
  • Doações de EPIs pela campanha #Consultoria Solidária, em parceria com os arquitetos Jonatas Shyarelle e Marcelo Teixeira: 160 face shields;

A cultura de código aberto: inovações criativas e tecnológicas para lidar com a crise

A experiência vivida pela Casa Criatura não conta apenas com números e metas. O Desafio Mozilla também colaborou para uma maior integração entre as iniciativas existentes ou próximas à Criatura, garantindo-lhes sustentabilidade e cooperando para a continuidade das suas atividades. 

Por meio deste apoio, foi possível reunir a força criativa da Trama Inventiva e da Souvenir Digital, cujo papel foi essencial na criação de modelos de proteção individual, como a criação do chapéu protetor, do turbante BLM e no desenvolvimento dos ajustes ao modelo de protetor facial em acrílico, com desenvolvimento de estruturas acessíveis e a baixo custo. Além de incentivar a criação de uma rede de costureiras para trocar ideias sobre a produção de máscaras entre outras vestimentas utilizadas neste momento de crise sanitária. 

Esta ação também contou com a disposição do Coletivo 3D em compartilhar o seu conhecimento sobre o manuseio do maquinário adquirido para a produção dos EPIs. 

O incentivo permitiu à Casa Criatura aproximação com o setor de saúde. Buscou ajuda dos  profissionais e especialistas da área para o desenho de um dispositivo tecnológico que estivesse alinhado às necessidades e especificidades vividas por estes profissionais no enfrentamento da doença, em seu dia a dia. A ajuda inicial do Dr. Ubiracé Elihimas Jr., do Hospital Agamenon Magalhães, foi fundamental para desenhar o protótipo da caixa aerossol proposta pela Criatura. 

Pesquisa que gerou a caixa aerossol de código aberto da Casa Criatura Vídeo e captação de Rosttand Costa.

Logo em seguida, o modelo foi apresentado ao anestesista e médico  Dr. Alípio Agra e à coordenadora de enfermagem Camilla Zoppi, do Serviço de Atendimento Médico de Emergência (SAMU) do Cabo de Santo Agostinho, que juntos fizeram a simulação do uso da caixa e contribuíram com sugestões e melhorias no desenho do dispositivo. A relação com o setor de saúde tem permitido à Casa Criatura rever a sua área de atuação e tem ampliado o alcance das suas inventividades. 

Ainda mais importante, a caixa aerossol fomentou a criação de uma pequena comunidade de makers, professores e alunos de medicina e enfermagem interessados em prosseguir com o desenvolvimento do produto até conseguir a certificação e uma patente aberta para o mesmo, facilitando assim sua real distribuição e uso em Unidades de Terapia Intensiva de todo o planeta.

O desafio Mozilla foi significante à todas que atuaram ativamente neste processo dentro da Casa Criatura. O sentimento que fica é de gratidão e sensação de dever cumprido. A certeza é de que a cultura de código aberto e colaborativa representa o modelo de mundo que a Casa Criatura acredita e desenvolve.

Esperamos que esse encontro seja só o começo de uma relação frutífera e permanente. Obrigada Mozilla por acreditar em nosso potencial!

Equipe e parceiras da Casa Criatura. Foto de Rosttand Costa.